Tel: +55(24) 2271-1124  |  Email: folha@folhapopular.net.br




Parceiros



Governo anuncia na Firjan investimentos de R$120 milhões em distritos industriais

Autoria: Divulgação  |  Fotos: Paula Johas / Firjan

Para a Região Serrana e Centro Sul, foi anunciada uma estrada entre o bairro de Secretário, em Petrópolis, e o distrito de Sebollas, em Paraíba do Sul

A primeira reunião do Conselho de Representantes da Firjan e do Conselho de Administração CIRJ, nesta terça-feira (1º/2), contou com a presença do governador do Rio e parte de seu secretariado. No encontro, Cláudio Castro anunciou que lançará em breve o programa de recuperação dos Distritos Industriais fluminenses, pleito antigo da federação. Serão investidos na ordem de R$ 120 milhões em obras de infraestrutura, incluindo pavimentação, acesso rodoviário e saneamento em áreas da Codin, além dos distritos administrados por municípios e nos futuros locais a serem instalados, como em Areal e em Tanguá.
O encontro reservado na sede da Firjan reuniu virtualmente dezenas de industriais fluminenses. O presidente da federação, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, destacou a interlocução do governador junto aos principais pleitos tanto dos empresários quanto da sociedade, como a conquista na alteração da modelagem do edital de concessão do aeroporto Santos Dumont. “O governo do estado tem avançado em pautas importantes para o desenvolvimento do Rio de Janeiro, como a questão do Santos Dumont, a implantação do GasLub (Itaboraí), importante ativo de gás para o empresariado, e os investimentos em infraestrutura na região do Porto do Açu, no Norte fluminense”, enumerou Eduardo Eugênio.
A reunião empresarial foi aberta pelo Presidente em Exercício da Firjan, Luiz Césio Caetano. Também presente no encontro, o vice-presidente do CIRJ e presidente do Conselho Empresarial de Infraestrutura da Firjan, Mauro Viegas, ressaltou alguns pleitos do setor industrial que constam do documento “Rio Canteiros de Obras”, elaborado em 2021.
Conforme Viegas, a atuação do governo do estado é fundamental para dar andamento nas obras estruturantes de infraestrutura como a adequação dos distritos industriais, a implantação do anel viário de Campos Elíseos e da rodovia Transbaixada, além de obras já contempladas pelo Pacto RJ, como o acesso às indústrias do Cluster Automotivo, no Sul fluminense; a retomada da obra da Ponte de Integração, entre São João da Barra e São Francisco do Itabapoana, no Norte fluminense.
Além de explicar o programa para os Distritos Industriais, o secretário estadual de Infraestrutura e Obras, Max Lemos, confirmou que o estado aproveitou quase que 100% das 22 sugestões apresentadas pelo estudo “Rio Canteiro de Obras”. Max Lemos acrescentou que o governo do estado já iniciou as intervenções na rodovia Teresópolis-Friburgo (RJ-130), assim como a licitação para a retomada das obras da Ponte da Integração.
Segundo o secretário, os investimentos no estado são para atender tanto o setor produtivo industrial quanto os setores do turismo e de serviços, citando uma nova ponte sobre o rio Paraíba do Sul, em Resende, e uma estrada entre o bairro de Secretário, em Petrópolis, e o distrito de Sebollas, em Paraíba do Sul.
Vice-presidente da Firjan e presidente do Conselho Empresarial de Defesa e Segurança, Carlos Erane de Aguiar solicitou o apoio do governo do estado junto ao governo federal para a agilizar o processo de concessão do Arco Metropolitano, principal artéria de ligação entre o Sul e o Norte da BR-101, mais que ainda sofre com a falta de segurança local. Cláudio Castro assegurou a importância da estrada para o desenvolvimento econômico de toda a região atendida pelo Arco Metropolitano.
O governador também apresentou aos empresários o programa “Cidade Integrada”, recém implantado nas comunidades do Jacarezinho e da Muzema, com a proposta de transformação socioeconômica nas duas localidades. O diretor executivo da Firjan SENAI SESI, Alexandre dos Reis, por sua vez, apresentou a metodologia de trabalho e tecnologia social do programa da federação SESI Cidadania, que há mais de 10 anos atua em mais de 40 áreas de vulnerabilidade social no estado do Rio.
Também participaram do evento presencial, o vice-presidente da Firjan, Carlos Fernando Gross; o vice-presidente do CIRJ, Carlos Frederico de Aguiar; e os diretores Mauro Varejão, Luiz Carlos Renaux e Henrique Antonio Nora. Além dos secretários estaduais Gustavo Tutuca, de Turismo; Matheus Quintal, de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos; Gelby Justo, de Ações Comunitárias e Juventude; Rodrigo Abel, chefe de Gabinete; e Allan Borges, sub-secretário de Habitação e coordenador executivo do programa Cidade Integrada.

galeria de imagens desta notícia

deixe seu comentário



 



comentários

Os comentários não expressam a opinião da Folha Popular ou de seus representantes e colaboradores e são de inteira responsabilidade das pessoas que os escreveram.

Nenhum comentário



outras notícias



A Folha

Capa
Expediente
Contato

Redes Sociais

Facebook
Twitter
Youtube

Segurança

Acesso Restrito
Webmail

Assine nossa NewsLetter !

Por favor, digite seu Nome e Email

Digital Newsletter

Para cancelar inscrição, por favor clique aqui» .

Voltar ao topo