Parceiros



Hupe inova com enfermaria dedicada à reabilitação de pacientes pós-Covid

Autoria: Redação  |  Fotos: Gabriel Lobo



O que acontece depois que um paciente internado com Covid-19 testa negativo? Em geral, quem acabou de enfrentar a doença quer receber alta e ir para casa. Mas muitos apresentam um quadro clínico que requer uma atenção especial em prol de uma simples palavra: reabilitação. Atento a esta frágil etapa do combate à enfermidade, o Hospital Universitário Pedro Ernesto da Uerj (Hupe) foi o primeiro da rede pública do Rio de Janeiro a criar enfermarias Pós-Covid-19, que hoje já somam 29 leitos. O objetivo é atender pacientes que ficaram internados em CTI e que, mesmo sem a presença do vírus, não têm condições clínicas ou mesmo estruturais para retornarem às suas casas.

A ideia surgiu em maio, quando foi aberta a primeira enfermaria. A iniciativa foi tão positiva que, na segunda semana de junho, o hospital destinou mais leitos para o atendimento. A enfermeira Ana Paula Motta, chefe da Seção de Enfermagem 313/314 Pós-Covid, enfatiza que o espaço é fundamental para a reinserção destas pessoas na rotina social.

galeria de imagens desta notícia

deixe seu comentário



 



comentários

Os comentários não expressam a opinião da Folha Popular ou de seus representantes e colaboradores e são de inteira responsabilidade das pessoas que os escreveram.

Nenhum comentário



outras notícias



Assine nossa NewsLetter !

Por favor, digite seu Nome e Email

Digital Newsletter

Para cancelar inscrição, por favor clique aqui» .


A Folha

Capa
Expediente
Contato

Redes Sociais

Facebook
Twitter
Youtube

Segurança

Acesso Restrito
Webmail

Voltar ao topo