Parceiros



Assistência Social de Petrópolis inicia Operação Pernoite Covid-19

Autoria: Redação  |  Fotos: Divulgação



A Secretaria de Assistência Social deu início na última semana à Operação Pernoite Covid-19, que tem como objetivo reforçar a proteção à população em situação de rua neste período de pandemia. Entre as ações está a readequação ainda maior dos alojamentos no NIS, o Núcleo de Integração Social, que fica no Alto da Serra. Também estão sendo criadas mais vagas para o pernoite – já que neste período de frio o movimento aumenta no local - e novos procedimentos para prevenção ao coronavírus foram adotados pela equipe.

Parte do repasse emergencial de R$ 2.009.700,00 destinado pelo Ministério da Cidadania será usado para transformar o espaço onde, hoje, estão as tendas da Defesa Civil em alojamentos individuais. Ao todo serão 26 alojamentos. Com isso, a capacidade do NIS será ampliada de 73 para 84 vagas. Desde o início da pandemia, o Núcleo já vem adotando medidas especiais para proteger as pessoas em situação de rua da doença.

A previsão é de que os novos alojamentos fiquem prontos em até um mês, mas, antes disso, todos que já funcionam atualmente seguem todas as recomendações do Ministério da Saúde e na última semana passaram por uma nova readequação. Os usuários que chegam ao NIS também passam pela checagem na enfermaria e recebem máscaras e orientações de higiene para prevenir o coronavírus. Uma enfermeira faz o trabalho de checagem dos sintomas da covid-19 duas vezes por dia. A alimentação também passou por mudanças no local, além de as refeições serem distribuídas em material descartável, o café da manhã agora é consumido no pátio e o almoço e o jantar têm um limite de pessoas por vez no refeitório.

A entrada no NIS vai das 19h30 às 21h, com lanche das 20h30 às 21h15 e café da manhã das 6h30 às 7h.

 

Ônibus do Consultório na Rua é reformado

O programa Consultório na Rua também presta assistência de saúde a pessoas em situação de rua. O ônibus onde os atendimentos são realizados foi reformado, com melhorias na parte elétrica, sistema de refrigeração e pintura e a Secretaria de Saúde estuda a instalação de um toldo para permitir ampliar as consultas. De janeiro a maio, o ônibus realizou 1.057 atendimentos.

A equipe do programa conta com médico, enfermeiro, técnico de enfermagem, técnico de saúde bucal, psicólogo e assistente social e o ônibus realiza o serviço junto a essa população no Centro e em Corrêas, pelo menos uma vez por semana. No local, são feitas vacinações, prevenção a infecções sexualmente transmissíveis, encaminhamento para atendimento odontológico, tratamento psiquiátrico, tratamento de dependência química, entre outros.

galeria de imagens desta notícia

deixe seu comentário



 



comentários

Os comentários não expressam a opinião da Folha Popular ou de seus representantes e colaboradores e são de inteira responsabilidade das pessoas que os escreveram.

Nenhum comentário



outras notícias



Assine nossa NewsLetter !

Por favor, digite seu Nome e Email

Digital Newsletter

Para cancelar inscrição, por favor clique aqui» .


A Folha

Capa
Expediente
Contato

Redes Sociais

Facebook
Twitter
Youtube

Segurança

Acesso Restrito
Webmail

Voltar ao topo