Parceiros



Estado comemora avanços na área da Ciência, Tecnologia e Inovação

Autoria: Redação  |  Fotos: Divulgação



Uma cerimônia no Theatro Municipal, na noite desta sexta-feira (29), marcou os avanços do Governo do Estado na área da Ciência, Tecnologia e Inovação. O “Prêmio SECTI 2019”, da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, foi entregue às 27 instituições fluminenses e brasileiras que foram destaque no primeiro ano da nova gestão da administração pública estadual. Sob a responsabilidade da pasta, estão três universidades - UERJ, UEZO e UENF, três fundações - FAPERJ, FAETEC e Cecierj, além do IPEM.

Entre as ações governamentais, o programa “Startup Rio”, de fomento às empresas de tecnologia do Rio de Janeiro, foi citado por estar entre os dez melhores do Brasil, sendo o único público. A regularização dos pagamentos das bolsas estudantis e aos fornecedores das universidades estaduais também foi outro importante progresso mencionado.

“Este é o resultado a partir da realização de uma gestão eficiente e transparente, combatendo a corrupção e permitindo que o orçamento público seja usado com racionalidade. Este foi um ano difícil e a tendência para o próximo é melhorarmos. A UEZO, por exemplo, vai ganhar uma atenção especial do nosso governo em 2020. Cito também a UENF e as pesquisas que realiza na área da agricultura, em Campos. Essas instituições ajudam no desenvolvimento econômico do Rio de Janeiro, assim como os demais trabalhos ligados à ciência, tecnologia e inovação no estado”, afirmou o governador Wilson Witzel.

Em 2019, a Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec) inaugurou cinco unidades no estado: uma no município de Santo Antônio de Pádua, duas nas cidades de Japeri e Mesquita, uma em Barra do Piraí, além do Restaurante Escola, instalado no Palácio Guanabara. Só este ano, a Rede Faetec ofertou, aproximadamente, 60 mil vagas de qualificação profissional. Já na cidade de Miracema, foi inaugurado o Polo Cederj, onde irá oferecer cursos da UFRJ e Uenf.

Já por meio da FAPERJ, ao todo, 22 editais de fomento à pesquisa foram lançados neste ano. Entre eles, a inédita parceria da Fundação com a AgeRio, que resultou no programa ‘inovAÇÃO RIO-2019’. Com investimento de R$ 30 milhões, a iniciativa apoia empresas de micro, pequeno e médio porte, conectando atividades de pesquisa desenvolvidas em instituições de ciência e tecnologia com atividades empresariais.

O coral ‘Altivoz da UERJ’, formado por alunos, professores e funcionários da universidade, se apresentou na cerimônia de premiação. Os alunos da Escola Favo de Mel também animaram quem esteve presente no Theatro Municipal.

 

galeria de imagens desta notícia

deixe seu comentário



 



comentários

Os comentários não expressam a opinião da Folha Popular ou de seus representantes e colaboradores e são de inteira responsabilidade das pessoas que os escreveram.

Nenhum comentário



outras notícias



Assine nossa NewsLetter !

Por favor, digite seu Nome e Email

Digital Newsletter

Para cancelar inscrição, por favor clique aqui» .


A Folha

Capa
Expediente
Contato

Redes Sociais

Facebook
Twitter
Youtube

Segurança

Acesso Restrito
Webmail

Voltar ao topo