Parceiros



Resende passa a oferecer remédios para esporotricose

Autoria: Redação  |  Fotos: GATOS: felinos são os mais atingidos pela doença (Divulgação)

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Resende passa a oferecer medicamentos para o tratamento dos animais com esporotricose. A doença dermatológica atinge principalmente os gatos, mas também pode afetar os cães e ser transmitida para seres humanos.


De acordo com o CCZ, foram adquiridos 12 mil medicamentos. Para ter direito ao tratamento, é preciso que os donos dos animais levem os bichanos para consulta no próprio CCZ e tenham diagnóstico de esporotricose comprovado. Em seguida, será feito acompanhamento mensal e, se houver necessidade, haverá ainda a distribuição de novas doses do remédio.


Segundo Rodrigo Campos, coordenador do CCZ, há um crescimento no número de casos de esporotricose nos estados do Rio, São Paulo e Minas Gerais. "A doença deixa o animal em estado deplorável e pode ser transmitida para pessoas. Causa muito sofrimento. É um quadro preocupante e em Resende estamos fazendo nossa parte para evitar que esse mal se espalhe", afirmou.


O CCZ fica na Rua Eurídice Paulino de Almeida, 320, no bairro Vicentina II. Os telefones são (24) 3360 9690 ou (24) 3360 5186. O horário de atendimento é das 9h às 12h.

galeria de imagens desta notícia

deixe seu comentário



 



comentários

Os comentários não expressam a opinião da Folha Popular ou de seus representantes e colaboradores e são de inteira responsabilidade das pessoas que os escreveram.

Nenhum comentário



outras notícias



Assine nossa NewsLetter !

Por favor, digite seu Nome e Email

Digital Newsletter

Para cancelar inscrição, por favor clique aqui» .


A Folha

Capa
Expediente
Contato

Redes Sociais

Facebook
Twitter
Youtube

Segurança

Acesso Restrito
Webmail

Voltar ao topo