Parceiros



Petrópolis promove capacitação para gestores da educação

Autoria: Redação  |  Fotos: Divulgação



Começou nesta terça-feira (09) o curso de capacitação de Mediação Escolar, oferecido pelo Programa de Pacificação Petrópolis da Paz em parceria com a Secretaria de Educação. Cerca de 90 profissionais das equipes de gestores da rede municipal se inscreveram e foram divididos em três turmas. Os encontros serão periódicos no primeiro e segundo semestre na Casa da Educação. O curso visa, até o fim do ano, implantar a mediação de conflitos em todas as unidades municipais de ensino.

A capacitação ocorre em diversas etapas, entre elas o curso online de “Introdução à Mediação de Conflitos”, explanações teóricas, reuniões com dinâmicas, discussões, trocas de experiências, roda de conversa com mediadores do Petrópolis da Paz e apresentação da vivência do projeto piloto de Mediação Escolar que acontece desde o ano passado em quatro escolas da rede. Nessas unidades a mediação já é uma prática. Os alunos mediam conflitos entre pares, além de já apresentarem resultados nos trabalhos realizados com habilidades sócio emocionais.

“A escola que eu trabalho oferece educação integral, dentro da unidade temos situações de conflitos. Com esta formação que está sendo oferecida é uma oportunidade para as equipes de gestores se capacitarem para solucionarem o problema da forma correta. É enriquecedor para o nosso trabalho, é bom para escola, para equipe e principalmente para os alunos”, contou a Diretora Adjunta da Escola Municipal Johann Noel, Monique do Vale.

Segundo a pedagoga e psicóloga e responsável pelo Departamento da Mediação Escolar, Vanessa Siqueira, o Programa Petrópolis da Paz quer atender a toda a rede. “Queremos disseminar a cultura da paz nas unidades escolares com a colaboração dos gestores. É um grande desafio ampliar a mediação, mas acreditamos no sucesso do resultado. Ficamos muito felizes com a participação e colaboração de todos para que tudo aconteça”, disse.

“A atuação do Programa nas comunidades escolares começa a apresentar resultados positivos. A mediação escolar movimenta o corpo docente, os alunos e familiares. É um trabalho em conjunto com práticas restaurativas que melhoram todas as relações”, destacou a coordenadora do programa Petrópolis da Paz, Elsie-Elen Carvalho.

galeria de imagens desta notícia

deixe seu comentário



 



comentários

Os comentários não expressam a opinião da Folha Popular ou de seus representantes e colaboradores e são de inteira responsabilidade das pessoas que os escreveram.

Nenhum comentário



outras notícias



Assine nossa NewsLetter !

Por favor, digite seu Nome e Email

Digital Newsletter

Para cancelar inscrição, por favor clique aqui» .


A Folha

Capa
Expediente
Contato

Redes Sociais

Facebook
Twitter
Youtube

Segurança

Acesso Restrito
Webmail

Voltar ao topo