Parceiros



Cratera aberta às margens da BR-040 completa um ano

Autoria: Redação  |  Fotos: Rogério de Paula


Um ano após a abertura de uma cratera às margens da BR-040, na comunidade do Contorno, em Petrópolis, 135 pessoas ainda aguardam a liberação de 55 casas que permanecem interditadas.

O incidente aconteceu no dia 7 de novembro de 2017, próximo ao local onde acontece a construção de um túnel, que faz parte das obras da nova pista de subida da Serra. A obra, que era realizada por um consórcio contratado pela Concer, concessionária que administra o trecho Rio-Juiz de Fora da rodovia, está paralisada desde julho de 2016.

No ano passado, a Defesa Civil de Petrópolis emitiu um laudo que foi entregue ao Ministério Público Federal (MPF) afirmando que a obra do túnel na BR-040 foi determinante para a abertura da cratera às margens da rodovia.

A cratera, que engoliu uma casa de três andares, foi preenchida com 2.500 metros cúbicos de pó de pedra e injeções de cimento e concreto. Ninguém ficou ferido por conta do desmoronamento.

Na última semana, foram desinterditadas 22 residências que ficam em um raio de 50 metros da cratera depois que a Concer apresentou ao MPF um documento garantindo a segurança dessas moradias.

A liberação do restante dos imóveis também depende de estudos que comprovem a segurança da área. Segundo a Defesa Civil, os primeiros já realizados não foram conclusivos.

Em outubro, o órgão desinterditou a via de acesso à região e a Escola Municipal Leonardo Boff.

 

galeria de imagens desta notícia

deixe seu comentário



 



comentários

Os comentários não expressam a opinião da Folha Popular ou de seus representantes e colaboradores e são de inteira responsabilidade das pessoas que os escreveram.

Nenhum comentário



outras notícias



Assine nossa NewsLetter !

Por favor, digite seu Nome e Email

Digital Newsletter

Para cancelar inscrição, por favor clique aqui» .


A Folha

Capa
Expediente
Contato

Redes Sociais

Facebook
Twitter
Youtube

Segurança

Acesso Restrito
Webmail

Voltar ao topo