Parceiros



Mortes de bebês chocam Petrópolis

Autoria: Redação  |  Fotos: Reprodução



Parentes e amigos dos pais de dois bebês que morreram na maternidade do Hospital Alcides Carneiro fizeram uma manifestação nesta segunda-feira (9) em Petrópolis.

Os manifestantes se concentraram na Praça de Corrêas e caminharam em passeata até o hospital para pedir o fim das mortes de recém-nascidos, que, segundo eles, teriam sido causadas pela demora dos médicos em decidirem pela cesariana em vez do parto normal.

Cerca de 30 pessoas vestidas de preto participaram da manifestação com faixas e cartazes.

Em nota, a Prefeitura informou que de acordo com a apuração das comissões sindicantes do hospital, as investigações dos casos de óbitos dos bebês não apontaram negligência médica.

O Conselho Regional de Medicina (Cremerj) abriu um procedimento para investigar a morte dos dois bebês em menos de 15 dias no hospital.

Os casos também são investigados pela Polícia Civil e pela Defensoria Pública.

Casos

O primeiro caso aconteceu no dia 21 de junho. A mãe disse que esperou mais de 50 horas pelo parto e contou que deu entrada na unidade para fazer uma cesárea e se surpreendeu com a decisão da médica de induzir o parto normal. A Polícia Civil pediu a exumação do bebê.

Já o segundo aconteceu com Maria Caroline Leandro Pereira, de 21 anos. Ela contou que após ter ido duas vezes com dores para o hospital na semana passada foi orientada pelos médicos de plantão a voltar para casa.

No dia 30, deu entrada na unidade e, segundo ela, foi feita uma cesárea às pressas porque os batimentos do bebê estavam fracos. A filha, Catharina, não resistiu. Segundo o atestado de óbito, ela morreu com falta de oxigenação no cérebro.

Um dia antes do parto, ela contou que esteve no hospital e os médicos a liberaram.

galeria de imagens desta notícia

deixe seu comentário



 



comentários

Os comentários não expressam a opinião da Folha Popular ou de seus representantes e colaboradores e são de inteira responsabilidade das pessoas que os escreveram.

Nenhum comentário



outras notícias



Assine nossa NewsLetter !

Por favor, digite seu Nome e Email

Digital Newsletter

Para cancelar inscrição, por favor clique aqui» .


A Folha

Capa
Expediente
Contato

Redes Sociais

Facebook
Twitter
Youtube

Segurança

Acesso Restrito
Webmail

Voltar ao topo