Parceiros



Diversas localidades de Campos sofrem consequências das chuvas

Autoria: Redação  |  Fotos: Jéssica Felipe



Apesar de o sol ter voltado a aparecer nesta segunda-feira (11), várias localidades de Campos ainda sofrem as consequências do final de semana chuvoso. Na região de Lagoa de Cima e Imbé, os moradores ficaram ilhados. O rio Ururaí, que banha a região, alcançou 3,90m na manhã desta segunda, 10 cm a mais que a cota de transbordo. Com o volume de água que se acumulou nas estradas de acesso à localidade, boa parte do percurso até as casas tinha de ser feito de barco. A profundidade da água no asfalto chegou a atingir 70 cm também nesta segunda.

Em Morro do Coco, em média sete famílias já foram desalojadas e encaminhadas para o abrigo improvisado na escola municipal. Outras 20 estão sendo assistidas. A coordenadoria de Defesa Civil informou que não há previsão de chuva até o dia 16 de março, de acordo com institutos de meteorologia. Para o rio Paraíba no Sul, a medida foi de 8,23m. A cota de transbordo é de 10,40.

Nos dois acessos à Lagoa de Cima, por Tapera ou Santa Cruz, só era possível passar com veículos mais altos. Alguns moradores se arriscam em atravessar a pé, com moto e carroças até as partes mais rasas da estrada. O morador Luiz Carlos Gomes, 60 anos, contou que nesse domingo (11) a situação piorou. Ele tem gado no Imbé e o percurso para cuidar dos animais estava sendo feito de canoa. "Só passa carro grande, então, para chegar até lá, estou indo de barco mesmo. Faço mais ou menos em uma hora. Moro a minha vida toda aqui e, desde a enchente de 2008, este está sendo o pior período", relatou.

Segundo a Defesa Civil do município, equipes de trabalho foram deslocadas para a região e avaliaram as condições no local para a tomada de medidas necessárias. No Imbé, os trechos mapeados emergentes já começaram a ser desobstruídos e locais sendo isolados. Houve deslizamento de terra na localidade. Ainda não há informações sobre desabrigados. Ainda segundo o órgão público, no final de semana, a equipe da Defesa Civil recebeu chamado para os bairros Novo Jóquei e Santa Rosa, que também recebem equipes do órgão.

Alerta - A Coordenadoria Municipal da Defesa Civil emitiu, nesta segunda, um alerta a motoristas para que evitassem estacionar no Cais da Lapa. O nível do rio Paraíba do Sul voltou a subir no início da tarde, atingindo a cota de 8,40m, e segundo o coordenador da Defesa Civil, major Edison Pessanha, a previsão era que subisse ainda mais. Na tarde do último sábado (10), o nível do Rio chegou a 8,55m.

 

“A vazão na represa da Ilha dos Pombos, em Resende, está muito intensa e a água está chegando numa velocidade muito grande. Com isso, a água deve voltar invadir a área do Cais”, disse Edison Pessanha informando ainda que a Coordenadoria segue monitorando os rios.

Norte de Campos - A secretaria de Desenvolvimento Humano e Social (SMDHS) do município informou que, até essa segunda, cerca de sete famílias estariam desabrigadas e 11 desalojadas - que se encontram na casa de parentes, no norte de Campos. "Todas as famílias desabrigadas até o momento estão em Morro do Coco, na Escola Municipal Lulo Ferreira de Araújo. A Prefeitura distribuiu cerca de 100 cestas básicas, colchonetes, água mineral e mil refeições para famílias afetadas de alguma forma pelas chuvas", respondeu a assessoria.

No bairro do Buraco do Sapo, localidade de Morro do Coco, outras oito famílias estão sendo assistidas pela SMDHS com cestas básicas, mas seguem em suas casas. Mesma situação de 12 famílias próximas ao km 28 (Posto Mangueira), da BR 101.rada de acesso a Lagoa de Cima alagada

Estrada - Ainda nessa segunda-feira (12), dois pontos da BR 101 ficaram em alerta por consequência da chuva. De acordo com a Arteris Fluminense - concessionária responsável pela via -, no km 160 (Macaé), no sentido Espírito Santo, foi implantada a operação pare-siga. No km 28 (Campos dos Goytacazes), sentido Niterói, o fluxo seguia pelo acostamento, e no sentido Espírito Santo, o fluxo seguia pelo sentido Niterói.

galeria de imagens desta notícia

deixe seu comentário



 



comentários

Os comentários não expressam a opinião da Folha Popular ou de seus representantes e colaboradores e são de inteira responsabilidade das pessoas que os escreveram.

Nenhum comentário



outras notícias



Assine nossa NewsLetter !

Por favor, digite seu Nome e Email

Digital Newsletter

Para cancelar inscrição, por favor clique aqui» .


A Folha

Capa
Expediente
Contato

Redes Sociais

Facebook
Twitter
Youtube

Segurança

Acesso Restrito
Webmail

Voltar ao topo